Brasil

5/cate1/Brasil

Política

5/cate1/Política

Concursos

4/cate2/Concursos

Carros

6/cate3/Carros

Esportes

5/cate4/Esportes

Internacional

5/cate5/Mundo

Economia

4/cate2/Economia

Vídeos

3/cate6/Vídeos

Últimas Notícias

Gladson participa do Fórum de Governadores em Brasília

O Fórum de governadores, aberto na manhã de hoje (20) em Brasília, contou com a presença dos Ministros Paulo Guedes, da Economia, Onix Lorenzoni, da Casa Civil e do General Santos Cruz, Ministro da Secretaria de Governo, além dos presidentes do senado, Davi Alcolumbre e da Câmara, Rodrigo Maia. O tema principal foi a reforma da previdência, com a entrega de uma minuta para análise dos governadores e discussão dos principais pontos de interesse.
Tanto Davi Alcolumbre quanto Rodrigo Maia disseram estar associados aos interesses dos estados nas reformas, pois é a única forma de retomada do crescimento brasileiro e, principalmente dos estados, que estão, em sua maioria, em situação caótica. Porém, Maia deixou claro que os interesses dos estados serão colocados em primeiro plano e discutidos com todos os chefes dos executivos estaduais.
O General santos Cruz citou o pedido do Governador Gladson Cameli de que os projetos não fiquem sendo discutidos indefinidamente e que as medidas sejam aplicadas imediatamente, pois os estados estão em situação de calamidade, não podendo esperar para o próximo semestre, ações benéficas. Ele explicou (Santos Cruz) que a situação dos estados está crítica devido ao desgoverno praticado anteriormente, com o inchamento das folhas de pagamentos, irresponsabilidades dos atos administrativos e da corrupção que levaram muitos estados à uma quase falência. 
Por sua vez, o ministro Paulo Guedes disse que o ponto principal para se sair da crise é o controle da economia. Os governos asfixiados pelas dívidas deverão reagir junto com o Governo Federal, montando programas de redução de gastos. Nesse aspecto, Paulo Guedes ressaltou que as unidades da federação que apresentarem projetos consistentes de redução de gastos, receberão, na mesma proporção, adiantamentos por parte do Governo Federal para que possam iniciar seus equilíbrios financeiros.
Ao comentar sobre o projeto de uma nova Previdência, o ministro disse que a meta é nivelar o sistema de aposentadorias, removendo regalias em todos os Poderes e transformar a aplicação do regime geral e único em um só.
Gladson Cameli afirmou que seu governo é totalmente favorável  a uma mudança nos moldes atuais da previdência e que todos os pontos apresentados serão discutidos com todos os governadores, de forma a não prejudicar a população, mas ao mesmo tempo dar condições de o Brasil voltar a crescer com qualidade de vida.

Mara Rocha apresenta sugestão, ao Ministério da Agricultura, de prazo para regularização fundiária



Coerente com sua principal bandeira de campanha, a Deputada Federal Mara Rocha apresentou Indicação, ao Ministério da Agricultura, definindo o limite de 1 (um) ano para a realização do processo de regularização fundiária.

“A legislação existente no Brasil não cria um prazo para a conclusão dos processos administrativos de regularização, isso gera insegurança no posseiro e transfere para o judiciário um procedimento que poderia ser simplificado”, afirmou Mara.

A parlamentar esclareceu que não é possível apresentar Projeto de Lei tratando sobre organização administrativa, como é o caso da regularização fundiária, essa é matéria de competência exclusiva do Presidente da República. Em função disso, a solução legislativa, encontrada por Mara Rocha, foi apresentar uma Indicação à Ministra da Agricultura. 

“Não adiantaria apresentar um Projeto de Lei que teria sua constitucionalidade discutida por vício de iniciativa, isso não resolveria o problema dos produtores rurais. Sempre afirmei que a minha atuação parlamentar não será guiada por vaidades pessoais e sim pela tentativa de encontrar caminhos efetivos para cumprir minhas promessas de campanha”, finalizou a parlamentar tucana. 

O que é uma Indicação

A Indicação é uma proposição legislativa por meio da qual o parlamentar sugere a outro Poder a adoção de providência, a realização de ato administrativo ou de gestão, ou o envio de projeto sobre matéria de sua exclusiva iniciativa.




Bolsonaro entrega à Câmara sua reforma da Previdência


O presidente Jair Bolsonaro entrega ao Congresso na manhã desta quarta-feira 20, a proposta de reforma da Previdência de seu governo.


Ele deve comparecer às Casas Legislativas acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. Segundo declarações de Guedes, o texto proporá mudanças no atual sistema de repartição – no qual os trabalhadores ativos arcam com o benefício de quem está aposentado – e ainda a criação de um sistema de capitalização, no qual cada trabalhador faz uma espécie de poupança para o futuro. 

Ministério do Desenvolvimento Regional garante apoio aos desabrigados do Juruá


O governador Gladson Cameli e os parlamentares federais trataram nesta terça-feira 19, com o ministro Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, e representantes da Defesa Civil Nacional sobre o apoio federal aos desabrigados e demais famílias atingidas pela enchente do rio Juruá. O prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, também participou da audiência.

Homologado  o estado de emergência decretado pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul, a proposta é que o governo federal libere quatro milhões para atender os desabrigados e para a reconstrução das áreas atingidas.

Além do apoio federal aos desabrigados, a bancada solicita a retirada dos moradores  em situação de risco, por meio do programa Minha Casa, Minha Vida e a recuperação de ruas, levando em consideração a questão ambiental.
Os coordenadores da bancada federal, senador Sérgio Petecão e a deputada Jéssica Sales participaram de audiências na Defesa Civil e no Ministério do Desenvolvimento Regional desde a semana passada para agilizar a liberação de recursos e demais propostas em favor dos desabrigados.


Ministério da Economia

Fechando a agenda de trabalhos, a deputada Jéssica Sales e o senador Sergio Petecão, juntamente com a senadora Mailza Gomes, senador Márcio Bittar e o deputado Flaviano Melo, participaram de importante reunião do governador Gladson Cameli com o ministro da Economia, Paulo Guedes para a discussão acerca da situação de calamidade financeira do Estado do Acre. A bancada e o governador fizeram um apelo de amparo do governo federal ao ministro Guedes. 


Foi mais uma demonstração de compromisso, de união indistinta para sensibilizar a equipe econômica sobre a  realidade no estado” – disse Jéssica Sales. 

Participaram da reunião: Waldery Rodrigues – secretário especial da Fazenda; Mansueto Almeida – secretário do Tesouro Nacional ; Esteves Colnago – secretário especial Adjunto de Fazenda ;Pricilla Santana, subsecretária de Relações Financeiras Intergovernamentais; Bruno Travassos e Vitor Saback - assessores especiais do ministro.

Vanda Milani propõe parceria com órgãos ambientais no apoio aos atingidos pela cheia do Juruá.



A deputada Vanda Milani(SD)reivindicou, em Brasília , a parceria dos órgãos ambientais acreanos  no combate às cheias  e apoio aos atingidos pela alagação do rio Juruá .A sugestão foi feita esta terça-feira( 19), na audiência da bancada federal acreana com o min. do Desenvolvimento Regional,Gustavo Canuto.Juntamente com o governador do Estado,Gladson Cameli,e o prefeito de Cruzeiro do Sul,Ilderlei Cordeiro,a representação acreana no Congresso Nacional solicitou recursos e o reconhecimento do Estado de Emergência  nos municípios de Cruzeiro do Sul e Taumaturgo.
Vanda Milani disse que é preciso  viabilizar ,junto aos órgãos ambientais, a construção de casas em  local seguro para que as famílias atingidas pelas cheias sejam removidas. Ela insistiu que o meio ambiente deve ser  observado para que não haja retorno das   famílias beneficiadas para as áreas alagadiças, evitando, assim,  um círculo vicioso. ”È preciso encontrar uma solução definitiva , junto com o Meio Ambiente, para que este problema não perdure indefinidamente”.
O ministro acatou a ideia e disse, pessoalmente à deputada, que vai incluir a proposição no projeto. A bancada acreana foi unânime em reconhecer a necessidade urgente de remoção das populações residentes em áreas de risco. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul pretende acrescentar mais 2 mil unidades habitacionais  para realocação das famílias atingidas  para áreas seguras.
Parceria.
Gutavo Canuto reiterou que o Acre, em particular a região atingida pelas cheias do  Juruá, pode contar com a parceria do Ministério do Desenvolvimento Regional. Milani e seus colegas de bancada reforçaram que, para o combate as cheias, é necessário ainda adquirir combustível, garantir alimentação, construir abrigos e assegurar atendimento médico para os desabrigados. Além, é claro, de implementação de ações pós-cheia como realocação de famílias, limpeza e desinfecção para prevenção de doenças. Por fim, foi solicitada ainda a liberação de R$ 6 mi para a pavimentação de ruas que garantam acesso à Ufac local e aeroporto.

VW revela detalhes do T-Cross, com preços de R$ 84.990 a R$ 109.990



A Volkswagen apresenta, a tempo de celebrar os 20 anos de produção em São José dos Pinhais (PR), o utilitário T-Cross, que chega às revendas da marca a partir de março com preços a partir de R$ 84.990. No mesmo dia de sua apresentação a uma parcela reduzida da imprensa, foi realizada uma "pré-venda relâmpago" do modelo, de apenas um dia.



Os preços são:

200 TSI Manual – R$ 84.990 
200 TSI Automático – R$ 94.490 
Comfortline 200 TSI Automático – R$ 99.990 
Highline 250 TSI Automático – R$ 109.990

[Leia Mais]