Iklan

iklan

CPI da Covid ouve o empresário Luciano Hang nesta quarta

29 de setembro de 2021 | 29.9.21 WIB Last Updated 2021-09-29T12:37:05Z


Luciano Hang, empresário alinhado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), fala nesta quarta-feira 29, na CPI da Covid. Ele é suspeito de financiar a divulgação de notícias falsas, principalmente sobre tratamentos sem eficácia contra a covid-19. Ele seria um dos membros do chamado “gabinete paralelo”.

O bolsonarista teria financiado o blogueiro Allan dos Santos, que já é investigado pela disseminação de fake news, de acordo com documentos obtidos pela CPI. A ponte entre o empresário e o influenciador teria sido feita pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente.

Hang também foi citado durante as investigações sobre as irregularidades envolvendo a operadora de saúde Provent Senior. Sua mãe, que faleceu em fevereiro deste ano vítima de covid-19, teve a causa da morte omitida no atestado de óbito pela empresa. Em vídeo, o empresário afirma que a mãe poderia ter sido salva se tivesse recebido o “kit covid”

No entanto, Regina Hang, de 82 anos, de acordo com seu prontuário, foi tratada com o “kit covid”, e recebeu doses de "azitromicina, hidroxicloroquina e outras medicações". Ela também passou por uma sessão de ozonioterapia, tratamento proibido pelo Conselho Federal de Medicina e que só pode ser usado em tratamentos experimentais com aprovação.

Hang nega ter integrado um gabinete paralelo da Presidência para divulgar notícias falsas e que não patrocinou nenhum veículo de notícias que promova fake news.

  

Comente
Deixe o seu comentário
  • CPI da Covid ouve o empresário Luciano Hang nesta quarta

Tendências