Mailza vice de Gladson agrega apoio dos evangélicos bolsonaristas

 


A senadora Mailza Gomes (PP) é a candidata a vice do governador Gladson Cameli (PP), que concorre à reeleição. O ex-presidente da Aleac, Ney Amorim, foi o escolhido para disputar a única vaga de senador com Alan Rick (UB), Jenilson Leite (PSB), Vanda Milani e Márcia Bittar (PL).

A opção por Mailza Gomes reaproxima o eleitorado evangélico – que é bolsonarista – da base governista, e anula grande parte do apoio desse segmento à candidata do MDB, Mara Rocha, e do próprio Márcio Bittar.

Cameli emplaca uma mulher na sua chapa, o que é bem visto pelo eleitorado como um todo, fragiliza a chapa feminina da oposição e ainda obriga o prefeito da capital, Tião Bocalom (que também é progressista) a repensar seus passos daqui em diante. O prefeito tem uma dívida de gratidão homérica com a senadora, que bancou sua candidatura em 2020.

Ney como candidato a senador enterra de vez a versão de que Gladson teria acordos com a esquerda, como quis insinuar o senador Márcio Bittar.

O anúncio foi feito na convenção do PP, que ocorreu no Ginásio do SESC, inteiramente tomado pela militância. Fonte: O Seringal



 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem