Febraban assina manifesto a favor da democracia proposto pela Fiesp

 


Foto: Marcelo Casal JR/Agência Brasil

 

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) assinou o manifesto a favor da democracia, proposto pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Por meio de nota, o órgão informou, nesta quarta-feira (27), que "por maioria, deliberou por subscrever documento encaminhado à entidade pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), intitulado 'Em Defesa da Democracia e da Justiça'".

 

Após a adesão de banqueiros ao documento, o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, reagiu ao manifesto e afirmou "não estar surpreso", pois o pix fez o bancos perder R$ 40 bilhões "para beneficiar os brasileiros". Aliados do governo de Jair Bolsonaro sugerem que as assinaturas de representantes do setor aconteceram por conta das perdas de receita causada pela implementação da ferramenta.


Atualmente, o documento conta com quase 3 mil assinaturas, incluindo a de banqueiros.  A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) assinou o manifesto contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), por conta das perdas de receita causada pela implementação do Pix.

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem