Indigenista e jornalista estão desaparecidos na Amazônia


 Foto: Divulgação/Funai/Arquivo)

O indigenista da Fundação Nacional do Índio (Funai) Bruno Araújo Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, colaborador do jornal The Guardian desapareceram neste domingo 5, no Vale Javarí, na Amazônia, quando faziam o trajeto entre a comunidade ribeirinha São Rafael até a cidade de Atalaia do Norte, distante 1.135km de Manaus.

A informação foi confirmada pela União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja). O Ministério Público Federal, a Polícia Federal e o Exército foram acionados para realizar as buscas.

Bruno Pereira era constantemente ameaçado pelo trabalho que fazia junto aos indigenistas contra invasores na região, pescadores, garimpeiros e madeireiros. Com informações do Correio Braziliense.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem