Fonte de recurso emperra sanção de piso salarial da enfermagem


 

Apesar de já ter sido aprovado pelo Congresso Nacional, após votação na Câmara dos Deputados na última quarta-feira (4), o piso salarial nacional para a enfermagem ainda não tem previsão de ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), ainda não enviou o projeto à sanção. Ele aguarda que seja resolvido o impasse sobre como financiar a implementação do piso.

Segundo o texto aprovado pelos deputados, uma das fontes de recurso poderia ser uma parte da arrecadação com a regulamentação dos jogos de azar, que está no Senado. Porém, há resistência entre os senadores em torno do projeto.

Outras possibilidades seriam destinar para o setor 3,5% da tributação com a exploração mineral e a tributação sobre distribuição de dividendos, proposta que também ainda teria de ser aprovada pelo Legislativo.

O advogado tributarista Eduardo Muniz Cavalcanti, disse que os pisos nacionais não enxergam um hospital no interior do Acre e outro em São Paulo, no bairro dos Jardins. “Infelizmente, muitos que esperam aumento de salário podem ficar é sem emprego” = disse ele.

Um relatório desenvolvido em fevereiro pela Câmara dos Deputados indica que o piso da enfermagem terá impacto de R$ 5,68 bilhões aos cofres públicos: R$ 24,8 milhões para a União, R$ 1,56 bilhão para estados e Distrito Federal e R$ 4,11 bilhões para os municípios.

Somando-se a empresas privadas e a empresas sem fins lucrativos, o impacto total chega a R$ 16,31 bilhões.

PEC no Senado

De acordo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), também pode ser necessário aprovar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para garantir que o mínimo para a enfermagem não incorra em inconstitucionalidade.

A intenção de Pacheco é que a matéria seja votada pelo plenário do Senado na semana que vem, se houver consenso entre os parlamentares. Caso contrário, terá de passar pela Comissão de Constituição e Justiça.

Fonte:  O Tempo

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem