Deputada Jéssica Sales apóia projetos sociais desenvolvidos pelo Tribunal de Justiça do Acre

 



Determinada em fortalecer as políticas públicas através de  projetos sociais desenvolvidos  e implantados pelo Judiciário acreano, a deputada federal Jéssica Sales (MDB) destinou parte de suas emendas ao Tribunal de Justiça do Acre, no decorrer de todo o mandato parlamentar. A soma que chega a R$ 2,5 milhões é investida em programas sociais já consolidados ou em fase de implantação.

Dentre os programas sociais desenvolvidos pelo TJ/AC e apoiados por Jéssica Sales vale destacar ações relevantes de  combate à violência doméstica e contra a mulher:  o projeto olha sobre as mulheres que deixam o sistema prisional, estratégias de capacitação profissional e empregabilidade e apoio na  reinserção na sociedade e na família, e apoio a mulheres em  situação de uso de drogas.

Outra iniciativa importante apoiada pela parlamentar é o  projeto Mediação de Conflitos nas Escolas  de Cruzeiro do Sul, acerca da problemática da violência doméstica e familiar contra a mulher. A mediação tem um caráter pedagógico e contribui com a difusão da cultura de paz, da não-violência e da resolução pacífica dos conflitos.

Jéssica Sales apóia também programas voltados para crianças e adolescentes acolhidos em casas de apoio, como o projeto Arte do Ser que promove palestras de conscientização e aprendizado, diversos meios de lazer, educação e acesso à cultura, além de cuidados com a saúde mental dos abrigados; execução do projeto Jardim das Margaridas, que visa ampliar o acesso à justiça e o fortalecimento das ações realizadas pelo Educandário Santa Margarida em Rio Branco, para crianças de 0 a 12 anos em acolhimento e sob medidas protetivas.

Sales teve participação também na alocação de recursos  para construção do Fórum de Brasiléia (1ª etapa)  e dos equipamentos do parque computacional para informatização das unidades do judiciário em todos os municípios do Estado, com o objetivo de melhor qualificação dos serviços e agilidade ao trâmite dos processos.

De acordo com a parlamentar,  o  esforço sobres as ações para redução do índices de violência contra mulher; de apoio ao acolhimento de crianças e adolescentes pelo abandono e das pessoas em situação de vulnerabilidade é uma missão  atribuída ao poder público, mas é fundamental a participação dos representantes e da sociedade constituída.

“Ser parte desse exercício de cidadania me orgulha muito, pois é grandioso o alcance social desses projetos. Só tenho a agradecer e parabenizar o TJ/AC pelo comprometimento e desempenho  exemplar  para as causas sociais no nosso Estado” – complementou.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem