Alckmin faz piada com chuchu e prova que, em política, tudo é perdoável

 


Por Mariano Maciel

O que houve?

Muita gente observou e estranhou a leitura do pronunciamento pelo ex-presidente Lula (PT), por ocasião do lançamento de sua pré- candidatura à Presidência da República, neste sábado, em São Paulo, para uma seleta platéia.

* Teria sido ele orientado pelos seus apoiadores por conta de suas últimas declarações durante improvisos?

Chuchu

Na oficialização de Lula como candidato à presidência, um dos destaques ficou por conta do vice de sua chapa, Geraldo Alckmin (PSB). Antigos rivais políticos, eles se uniram em frente para derrotar o presidente Bolsonaro (PL) e viram um público historicamente oposto ao ex-governador de São Paulo o aplaudir fervorosamente após ele abrir os discursos do evento.

* Mesmo à distância, já que não pode estar presencialmente por estar com Covid, Alckmin agradeceu a Lula pela chance e fez até piada com o nome do ex-presidente e seu apelido nos anos de governo paulista, ‘chuchu’. Em política tudo é perdoável.

O retorno

O governo Bolsonaro fixou por meio de uma portaria, a data de 6 de junho,  para o retorno total ao trabalho presencial dos servidores da administração pública.

* Ou seja, estão incluídos na medida os funcionários da Presidência, dos ministérios e demais órgãos, entidades e autarquias do poder executivo federal.

Pressionada

Parlamentares e auxiliares de Jair Bolsonaro querem que a Agência Nacional de Energia Elétrica controle a rebelião provocada no Congresso pelo reajuste das contas de luz.

* A agência deu sinal verde a aumentos próximos a 25%, como no Ceará, e agora deputados falam até em criar uma CPI para investigar esses números.

SOS

Os deputados Léo de Brito (PT) e Perpétua Almeida (PCdoB) usaram a tribuna nos últimos para denunciar o reajuste abusivo  nas contas de luz,  autorizado pela “agência reguladora”.

* Não é prá menos. O consumidor acreano paga a energia mais cara do Brasil. No Acre, tem gente recebendo boleto de mais de R$ 500, incompatível com o consumo da energia de sua residência.

Vice não

João Doria rechaça a possibilidade de virar vice de Simone Tebet. É candidato a presidente e a mais nada. Diz Doria:— Eu nunca disse que seria ou aceitaria ser vice da Simone. Disse que é preciso definir um critério com base em pesquisa eleitoral de intenção de voto para definir quem deve ser cabeça de chapa.

Nos Estados Unidos

O ciclo liderado por Donald Trump pode ter produzido um abalo histórico na Suprema Corte dos Estados Unidos. Com três nomeações, o ex-presidente construiu no tribunal uma maioria que se mostra disposta a reverter o direito ao aborto no país, derrubando um entendimento que está de pé há quase 50 anos.

Frase

“Estão comprometidos com a democracia” – do presidente do STF, ministro Luiz Fux depois de encontros com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Oliveira.

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem