NOVO pede convocação de ministro da Educação

Partido quer esclarecimento sobre suposto favorecimento de aliados do governo



 
A bancada federal do Partido Novo apresentou pedido de convocação do ministro da Educação, Milton Ribeiro, para prestar esclarecimentos em plenário sobre seu áudio divulgado pela imprensa. A gravação traz graves indícios de favorecimento de aliados do governo na distribuição de verbas da pasta de educação.

 

"As acusações contra o ministro da Educação são graves e vão contra o que o NOVO acredita: alocação transparente dos recursos públicos com base em critérios técnicos. As suspeitas precisam ser investigadas a fundo. O mínimo que o ministro precisa fazer neste momento é comparecer à Câmara para prestar esclarecimentos”, afirma Tiago Mitraud, líder do NOVO na Câmara dos Deputados.

 

Foi apresentado também um requerimento de informação questionando o ministro sobre o envolvimento sistemático de lideranças religiosas em reuniões sobre recursos do FNDE, os critérios dos repasses e o possível envolvimento do Presidente da República para priorizar aliados.

 

Ao dizer que sua prioridade é atender “a todos os que são amigos do pastor Gilmar” e que esse foi “um pedido especial” do Presidente da República, Milton Ribeiro levanta suspeitas quanto à utilização do orçamento público para atender interesses de grupos próximos ao governo.

 

O NOVO e sua bancada na Câmara trabalharão para que os fatos sejam esclarecidos e, em caso de ilegalidades, os envolvidos sejam responsabilizados. A gestão dos recursos públicos não pode ser feita às escuras e guiada por interesses particulares.

  


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem