Implementos agrícolas e picape comprados com emenda da senadora Mailza são entregues para Porto Walter

Senadora também enviou recursos para compra de um debulhador de milho, uma máquina beneficiadora de arroz e investimentos na saúde

 


A Prefeitura de Porto Walter ganhou uma nova picape e maquinários agrícolas, sendo 30 despolpadoras de açaí, um debulhador de milho e uma máquina beneficiadora de arroz, adquiridos com emenda da senadora Mailza.

O prefeito César Andrade recebeu o carro nesta quarta-feira, 29, na sede da Associação dos Municípios do Acre - AMAC - em Rio Branco. Nas redes sociais, agradeceu.

Nas redes sociais, o prefeito César Andrade posou com o veículo e comemorou 


“Esse veículo foi adquirido com recursos da senadora Mailza no valor de R$ 288 mil reais e se soma as 30 despolpadoras de açaí que já entregamos fortalecendo a agricultura de nosso município. Obrigado a senadora pelos recursos. Porto Walter agradece e eu também! A política tem que ser feita para servir as pessoas, e é assim que a gente segue trabalhando”, escreveu. Ele explicou que a nova picape dará apoio nas demandas administrativas da prefeitura.

“Esse veículo contribui muito para o trabalho e o desenvolvimento dessa cidade tão especial que é Porto Walter. Tô feliz demais em saber que os produtores de açaí e produtores rurais terão seu trabalho e produção melhorados com esses novos equipamentos. Trabalho de resultados do nosso mandato chegando até quem precisa”, disse a parlamentar.

O trabalho de 30 famílias produtoras em Porto Walter já está fortalecido graças as entregas já feitas pelo Prefeito César Andrade e pelo vice Guarsônio Melo, de 30 despolpadoras de açaí.


Despolpadoras de açaí já foram entregues à mais de 30 famílias produtoras pelo prefeito César Andrade e o vice, Guarsônio Melo


Emendas da Mailza para Porto Walter

A senadora destinou emendas que somam mais de R$ 1,3 milhão de reais ao município. R$ 500 mil são para reforma da Unidade Mista de Saúde, R$ 200 mil já pagos para combate a Covid-19, R$ 200 mil para custeio na saúde, R$ 80 mil já pago para humanização e acolhimento do Hospital da Família e R$ 300 mil para compra de implementos agrícolas, que já foram comprados.   


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem