Vacinação de crianças de 5 a 11 anos não será obrigatória

Ministério da Saúde deixou para os pais a decisão de imunizar ou não seus filhos. Intervalo entre doses será de oito semanas



O Ministério da Saúde decidiu que a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 não será obrigatória, diferentemente de todas as outras imunizações infantis previstas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Caberá aos pais ou responsáveis dar o aval para a aplicação. O intervalo entre uma aplicação e outra será de oito semanas.

"A distribuição de mais de 400 milhões de doses mostra o compromisso do governo federal em prover vacinas para que a população brasileira possa livremente buscar essas políticas públicas nas nossas salas de vacinação", afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em coletiva desta quarta-feira (5). 

  

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem