Amac encerra 2021 com avaliação positiva em todos os municípios

                                  

A Associação dos Municípios do Acre (Amac) elaborou mais de 400 propostas, planos de trabalho e indicações no ano de 2021em melhorias urbanas e rurais nas cidades acreanas. Esse montante se refere ainda a convênios entre os anos de 2014 até recente data. As atividades desenvolvidas pela entidade contribuíram de forma significativa para minimizar os impactos causados pela queda das receitas oriundas da diminuição do Fundo de Participação dos Municípios.

“A Amac tem como visão prestar serviços de captação, elaboração de projetos básicos, termo de referência e prestar apoio e assessoramento técnico com o intuito de auxiliar, apoiar e aprimorar a gestão pública no âmbito municipal”, explica o diretor executivo Marcus Lucena.

A Associação tem como missão defesa contínua dos interesses dos municípios associados, contrapondo-se a qualquer política com interesse adverso à administração municipal, cumprindo o pacto federativo, por meio de cooperação entre os associados, em todas as esferas de governo e demais instituições públicas, buscando de forma solidária o crescimento e o desenvolvimento social e econômico dos municípios acreanos.

A Amac que tem como presidente o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, é uma instituição que atua no Terceiro Setor, que é identificado como uma junção dos setores estatal e privado, com o objetivo de suprir as necessidades de atendimento da população ou segmento da sociedade ainda não contemplado pelo poder público.

A atuação da Entidade é voltada para os 22 municípios associados junto às esferas de governo, contribuindo com o fortalecimento e a autonomia municipal, mediante as ações desenvolvidas de assessoramento técnico, articulação institucional e de capacitações custeadas com os recursos financeiros repassados pelas prefeituras do Estado, por meio de Leis municipais que autorizam o repasse de subvenções sociais.

Muitas das ações são realizadas de forma integrada com o objetivo de aproximar os municípios, promovendo discussão de problemáticas comuns e socializando experiências.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem