Câmara resiste à antecipação da aposentadoria de ministros do STF

 


Sem acordo

Presidente da Câmara, Arthur Lira, disse que a PEC que antecipa a aposentadoria de ministros do STF ainda não tem acordo para continuar a tramitar na Casa.

 * Aprovado pela CCJ, o texto iria para comissão especial, mas Lira sinalizou que não irá criar o colegiado neste momento.

Rei morto, rei posto

No mesmo dia em que, pela manhã, Paulo Guedes levou bordoada atrás de bordoada na Câmara por causa da offshore, de noite, Roberto Campos Neto foi paparicado em jantar com 55 parlamentares de vários partidos, em Brasília.

 * O presidente do Banco Central ouviu que a confiança no ministro da Economia se esgotou junto com a paciência do Congresso.

Sem data

A sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro a uma vaga no STF, foi marcada para a próxima semana pelo presidente da CCJ, Davi Alcolumbre.

 * Ele segurava a tramitação desde agosto, mas ontem cedeu e anunciou que o ex-Advogado Geral da União e ex-ministro da Justiça será ouvido pelos parlamentares na próxima semana.

Bons resultados

Ao se aproximar o encerramento de mais um período legislativo, a deputada Jéssica Sales (MDB-AC) intensificou a busca pela liberação de suas emendas impositivas indicadas ao orçamento 2020.

Desta vez, vários municípios acreanos foram contemplados pelo Ministério da Saúde, por meio do Piso de Atenção Básica (PAB). A todo foram mis de R$ 4,5 milhões para a área da saúde.

E, por falar em Saúde

Nesta manhã, em Rio Branco, médicos das unidades básicas de saúde do Calafate, 6 de agosto, Barral, São Francisco e uma médica da regulação estão em greve.

 * Importante lembrar que a mobilização continua seguindo a determinação judicial.

Bolsonaro x Moro

Movimentações recentes no cenário eleitoral esquentaram a disputa entre o ex-ministro Sergio Moro (Podemos), pré-candidato à Presidência, e o presidente Jair Bolsonaro, em busca da reeleição, por apoio dentro de grupos que tiveram peso decisivo em 2018.

* Ambos competem para cativar o eleitorado da direita e centro-direita, o que os obriga a direcionar esforços aos mesmos setores.

Enfermeiros

Para a senadora Mailza, quarta-feira passada foi um dia histórico para a enfermagem brasileira. Pelo respeito à categoria, a senadora votou favorável ao piso salarial dos profissionais que estão na linha de frente no combate à COVID-19.

Frase

“Vocês merecem mais do que aplausos. Precisam de melhorias salarial e condições dignas de trabalho. Estou com vocês” disse Mailza.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem