Gás de cozinha volta a subir

 


O gás de cozinha voltou a subir na semana passada – 1,5% na comparação com a semana anterior – e já acumula alta de 3,5% no mês de outubro, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O preço mais alto foi encontrado em Rondônia, no município de Cacoal, na região Norte, a R$ 135 o botijão de 13 quilos de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), e o mais baixo em Cariacica (ES), a R$ 75,99. O preço médio ficou em R$ 101,96, em comparação com R$ 100,44 na semana anterior.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem