Em encontro com ministro do TCU, Perpétua alerta sobre de corrupção na venda da Eletrobras

 


A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) esteve com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Jorge Oliveira, para discutir sobre o processo de venda da Eletrobras – principal empresa de geração de energia do país.

 O TCU decidiu na quarta-feira, 18, aprovou o processo de privatização da Eletrobras, mais voltada a modelagem da capitalização.

A deputada alertou que a venda da empresa é um grave erro, sobretudo pela principal consequência para o povo brasileiro. “O fato é que a conta de luz dos brasileiros vai aumentar mais ainda”.

Perpétua destacou ainda para um possível esquema de corrupção que envolve a venda da Eletrobas. “A empresa vale R$ 400 bilhões, podendo chegar a R$ 600 bilhões com os espelhos d’água, e o governo Bolsonaro coloca a empresa a venda por apenas R$ 20 bilhões. Essa conta não fecha”.

 Assessoria


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem