Vanda Milani participa de evento com Bolsonaro em homenagem às mulheres

 


A deputada federal Vanda Milani (Solidariedade-Ac), participou na manhã de hoje, dia 8, a convite do Palácio do Planalto, do evento intitulado “Brasil pra elas, por elas e com elas”. Ao lado de deputadas, senadoras, ministras, embaixadoras e outras autoridades mulheres de todo o país, a parlamentar representou o estado do Acre.

 

Uma das pautas da solenidade alusiva ao dia internacional da mulher foi o empoderamento feminino. Segundo dados trazidos durante o encontro, pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, 1.933 mulheres participam do alto escalão do governo federal.

 

Para a deputada Vanda Milani é gratificante olhar para as mulheres servidoras públicas de todo o país. Professora de formação, advogada, procuradora aposentada, a parlamentar defende o fim da violência contra a mulher com investimentos na educação.

 

“A cultura machista responsável pelo aumento da violência contra a mulher precisa ser combatida desde o ensino infantil. As crianças precisam de uma visão mais crítica dessa agressão para desenvolver consciência durante toda a vida” disse a deputada.

 

Mais cedo, a deputada lembrou em sua rede social, das mulheres que lutaram ao lado de seringueiros durante a revolução acreana, destacando o poeta Francisco Mangabeira, autor do hino acreano.

 

Como não lembrar neste momento em que milhares de mulheres ucranianas e de todo o mundo sofrem com os conflitos na Europa, das mulheres dos nossos seringueiros, heróis da revolução contra os bolivianos que, segundo o poeta Francisco Mangabeira, atapetaram suas portas de rosas, esperando fieis pela volta dos combatentes de guerra.

 

“Que possamos seguir o exemplo de nossas guerreiras, nossos antepassados que nos ensinaram a coragem de viver e luta na busca de dias melhores para as nossas famílias e irmãos. Como diz o poeta: ‘esposas e mães carinhosas a esperar-nos nos lares fieis. Atapetam as portas de rosas e, cantando, entretecem lauréis”, homenageou.

 

Relatora do projeto de lei 1.943, aprovado pela Câmara dos Deputados, a deputada defendeu o direito a divulgação de campanhas de igualdade aos direitos trabalhistas entre homens e mulheres, bem como, estabelece mecanismos educativos e informativos nos termos exigidos pela Constituição Federal.

 

Ela foi escolhida pelo Congresso em foco, para participar da categoria especial Mulheres na Política. Em 2021, pelo segundo ano consecutivo, Vanda Milani foi reconhecida como parlamentar mais atuante pela organização Ranking dos Políticos, se destacando entre todos os parlamentares da bancada federal do Acre.

 

“A nossa luta é diária, unidas com todos os homens de boa vontade e com as bênçãos de Deus, poderemos trazer dias melhores para toda sociedade. Viva a mulher brasileira e de todo o universo”, concluiu.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem