Mulher acreana é exemplo de participação, diz Vanda Milani.

 


No Dia Internacional da Mulher (8 de março), a deputada federal  Vanda Milani destacou que o Acre há muito  é modelo de trabalho e integração feminina em todos os setores da vida do Estado , até com destaque nacional. “Tivemos Iolanda Fleming (primeira  governadora no Brasil) e Laélia Alcântara(primeira senadora negra do país). Sem esquecer que a mulher acreana  sempre teve papel de destaque na Magistratura, Ministério Público a administração pública em todos os níveis”, ressaltou.

 

A parlamentar lembrou ainda a importância  feminina sobretudo da Educação. “Desde o nível universitário, com papel de destaque das reitoras da Ufac e presença marcante e majoritária  no  magistério e entre os alunos das escolas de ensino superior. Destaque ainda  para as  secretárias de Educação- seja em nível municipal e estadual- que marcam a educação em todo o Estado seja pela competência, dedicação e papel essencial na formação profissional acreana.

 

A saúde e mesmo a segurança pública - enfatizou a parlamentar -contam com o trabalho feminino seja nos hospitais (médicas e enfermeiras) ou nas instituições de segurança onde a mulher acreana marca sua presença na PM e Polícia Civil com trabalho seguro como delegadas, PMs e área técnico-administrativa. No campo, a mão da mulher é cada dia mais ativa e decisiva para assegurar uma agropecuária cada vez mais pujante, afirma a parlamentar

 

Política

 

Vanda Milani ressaltou também a sólida  presença da acreana na vida política atual do Estado- seja nas câmaras municipais, prefeituras, Assembleia Legislativa e Congresso Nacional. “Hoje, a acreana tem espaço no Senado e na Câmara Federal. Aliás,  nossa representação na Câmara Federal é paritária ( 4 deputados 4 deputadas federais),todos com desempenho considerável em favor dos interesses do Estado. No Acre, a mulher é ainda maioria no eleitorado, com 52% do total de votantes e maior parte do quadro de servidores do Estado”.

 

Por fim, a deputada sublinhou a importância da mulher acreana na família, seja como arrimo( mantenedora) ou ainda como responsável pela criação  da prole. “A mulher não abre mão de sua função fundamental de mãe, responsável pela formação do caráter e educação dos filhos. Por isto quero parabenizar todas as mulheres do Acre por este papel essencial que é o de criar a base moral dos filhos e, por extensão, de toda família. Parabéns acreanas-profissionais liberais, servidoras públicas, ribeirinhas e seringueiras pela sua força, determinação e luta, que fizeram de vocês todas autênticas vencedoras”, finalizou.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem