Sindicato dos Profissionais Auxiliares, Técnicos em Enfermagem e Enfermeiros do Estado do Acre - Spate/Ac manifesta repúdio à lamentável postura do diretor-presidente da Fundação Hospital Estadual do Acre, em atacar a deputada Federal Mara Rocha por sua visita ao hospital

 


 O diretor da Fundhacre Sr. João Paulo deu declarações descabidas a respeito da visita da Deputada Federal Mara Rocha aos diversos setores da Fundação, afirmando que houve uma invasão à unidade com o objetivo de criar fato político e que a visita foi grotesca e criminosa.

"Vimos esclarecer à população que havia, sim, uma reunião agendada com o diretor-presidente e o gerente de enfermagem da Fundhacre, para o dia 13. Tal reunião se daria juntamente com outros sindicalistas da saúde, Sindicato dos Trabalhadores em saúde do Estado do Acre – Sintesac e Conselho Regional de Enfermagem do Acre – Coren/Ac, para debater sobre o déficit de profissionais, técnicos de enfermagem, falta de condições de trabalho e má alimentação dessa unidade. No entanto, quem recebeu a equipe presente foram os gestores da unidade e não o Sr. João Paulo em pessoa", afirmou a sindicalistas Alesta Amâncio.

Enquanto os sindicalistas aguardavam o início da reunião com o diretor da Fundhacre, ocasionalmente, encontraram a Deputada Federal Mara Rocha que estava na porta de entrada do hospital a fim de conhecer a unidade e conversar com os trabalhadores. Logo em seguida a deputada convidou os sindicalistas presentes a acompanhá-la na visita.

É função essencial dos deputados federais fiscalizar os serviços e bens públicos, a fim de propor mudanças e até mesmo denunciar irregularidades, quando necessário".

Os sindicalistas ressaltam e consideram a atitude da deputada, de visitar e conhecer de perto a realidade dos trabalhadores, louvável, visto que não adianta ouvir apenas a direção do lugar, mas é necessário enxergar a situação vivenciada pelos funcionários. Destacam, ainda, que independentemente de partido ou de quem quer que seja, manteriam a postura de acompanhar a visita.

Além disso, ressaltam os sindicalistas, a Deputada Federal Mara Rocha dirigiu-se à Fundhacre para conversar com os profissionais de enfermagem, ouvir diretamente deles o que pensam sobre o PL 2564/2020, que trata sobre o piso salarial, razão pela qual não havia necessidade e muito menos obrigação de comunicar previamente a Direção.

Durante a reunião, os diretores da Fundhacre ouviram atentamente as reivindicações, comprometeram-se em levar soluções imediatas e buscar melhorias no que estiver ao alcance deles. Informaram, ainda, que, com relação à contratação de novos profissionais a responsabilidade é do Estado, da Secretaria de Estado de Saúde - Sesacre, mas que irão solicitar (à Sesacre) novas contratações de técnicos de enfermagem que possam suprir o déficit e atender as demandas do hospital, já que, na atual situação os profissionais estão sobrecarregados, o que consequentemente acaba afetando no atendimento aos pacientes.

Os trabalhadores do hospital   aproveitaram para convidar outros deputados a visitarem a Fundação Hospital Estadual do Acre para conhecer a realidade da saúde do Acre.

"Queremos esclarecer que o encontro com a deputada Mara Rocha aconteceu por acaso, quando fomos convidados a visitar os setores, a fim de verificar a situação do sistema de saúde, por meio da visão daqueles que atendem a população, razão pela qual não entendemos os motivos para tantos ataques do Diretor da FUNDACRE  à deputada Mara Rocha, que nos visitou  preocupada com as várias denúncias que a mesma recebeu de pacientes", afirmou Alesta Amâncio presidente do SPATE ACRE

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem