Mara Rocha faz visita surpresa à Fundhacre e constata caos na Saúde. Funcionários trabalham com suspeita de Covid-19

 


Atendendo o convite do presidente da Associação dos Pacientes Renais Crônicos do Acre Vanderli Ferreira, a deputada federal Mara Rocha fez visita aos vários setores da FUNDHACRE. A parlamentar se deparou com situações difíceis tanto para os pacientes quanto para os profissionais.

Hoje o maior hospital público do Estado encontra-se  sem cardiologista. Todos os profissionais saíram de férias ao mesmo tempo deixando pacientes infartados sem acompanhamento especializado.

Outro fato extremamente preocupante, é que técnicos e enfermeiros  com febre e com suspeita de covid  encontram-se trabalhando, aguardando exame do covid,  devido à falta de profissionais para atender a população .

Segundo a enfermeira Alesta Amâncio, mais de 200 profissionais faleceram  vítimas do covid -19 e o Estado não contratou novos profissionais.

"Perdemos mais de 200 colegas para o Covid 19,  a FUNDACRE ficou com o quadro reduzido e o Governo do Estado não se preocupou em contratar novos profissionais para atender as muitas demandas  da saúde. Hoje nós  estamos sobrecarregados e trabalhando doentes, pelas seqüelas deixadas pelo Coronavirus.   Na maioria dos dias, um técnico de enfermagem fica responsável por até 12 pacientes, quando a lei prevê 5 pacientes no caso de idosos.  Nós estamos pedindo socorro ! Os números de casos de Covid 19 estão crescendo e  a direção do hospital não oferecer sequer capotes e nem mascaras adequadas para os profissionais. Além de doentes, nós que cuidamos da saúde das pessoas somos mal remunerados e ignorados pelo Governo do Estado", afirmou a enfermeira  Alesta Amâncio.

Os profissionais que  ficaram na linha de frente durante a pandemia, afirmaram que além do governo nunca ter pago regularmente o Auxílio Covid, recentemente suspendeu o benefício. 

A deputada Mara Rocha mostrou preocupação com o descaso que constatou  no maior hospital do Acre.



"Como deputada federal tenho a prerrogativa de entrar
  em qualquer orgão público para fiscalizar, não precisando de prévia autorização do gestor . Muito me estranha a atitude do diretor da FUNDACRE em  tentar impedir a minha entrada no Hospital e plantando matérias mentirosas sobre nossa visita. Gestor que faz um bom trabalho não pode ter medo de receber a visita de um parlamentar. Para nossa tristeza encontramos  o verdadeiro caos. Profissionais sobrecarregados, doentes e trabalhando com suspeita de contaminação pelo corornavirus aguardando exame para comprovação. Isso é muito grave! Ouvimos relatos de enfermarias sem água para banhar os doentes, falta de medicamentos e falta de médicos.  Durante nossa visita, cargos comissionados enviados pela direção da FUNDACRE, na tentativa de  intimidar e ameaçar os profissionais e pacientes,  filmavam  e pegavam nomes das pessoas para que as mesmas não falassem conosco. Vivemos 20 anos de um governo opressor, que infelizmente  continua no comando do Governo do Estado utilizando as mesmas práticas perseguidoras,  disse a deputada Mara Rocha.

Mara Rocha  afirmou que levará aos órgãos de controle o relatório  com os absurdos encontrados na FUNDACRE para que o Estado se adeque e  seja responsabilizado.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem