Iklan

iklan

Perpétua aciona MPF para investigar Guedes e Campos Neto

5 de outubro de 2021 | 5.10.21 WIB Last Updated 2021-10-05T19:06:26Z

 


A deputada Perpétua Almeida (PCdoB), vice-líder da Oposição na Câmara, protocolou nesta segunda-feira, 14, no Ministério Público Federal (MPF), uma representação para apurar possível improbidade administrativa por parte do ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

A iniciativa ocorre após a revelação do projeto Pandora Papers - Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ) - de que ambos possuem empresas em paraísos fiscais.

No documento, a parlamentar solicita a imediata adoção de providências legais, quanto a possíveis violações dos Princípios Constitucionais e atos de Improbidade administrativa, além da investigação das pessoas citadas na matéria veiculada pelo site  Poder360.

“É preciso apurar o que, a partir desse vazamento internacional, tem tudo pra caracterizar um conflito de interesses entre a atuação do Presidente do Banco Central, senhor Roberto Castello Branco e do Ministro da Economia, senhor Paulo Guedes e seus ganhos em dólar fora do país. Houve também sonegação de impostos? Houve utilização pessoal de informações privilegiadas? Por que essas contas em paraísos fiscais não foram fiscalizadas ou pelo menos avaliadas pelos órgãos de controle até hoje?”, questionou Perpétua.

Assessoria

Comente
Deixe o seu comentário
  • Perpétua aciona MPF para investigar Guedes e Campos Neto

Tendências