Guedes estuda conceder "substituto provisório" do Bolsa Família de R$ 400


 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta quarta-feira 20,  um substituto “provisório” do Bolsa Família, no valor de R$ 400 mensais, com o nome de Programa de Renda Básica Familiar.

 A base de beneficiário, destacou, também será ampliada de R$ 14 milhões para R$ 17 milhões No entanto, apesar de repetir insistentemente que defende o respeito ao teto dos gastos, ele admitiu que parte desse pagamento poderá ser dentro do teto e parte fora.

Mais cedo o presidente Jair Bolsonaro falou dessa possibilidade.

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem