Câmara voltará às atividades presenciais, mas com exigência de carteira de vacinação

 


A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu pela volta do trabalho presencial a partir da próxima segunda-feira (25/10). Pelo Twitter, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), afirmou que será exigido o comprovante de vacinação contra a covid-19 como medida preventiva.

A Câmara estava trabalhando remotamente desde o ano passado devido à pandemia de covid-19. Desde fevereiro deste ano, os trabalhos têm sido de forma híbrida, com alguns deputados presentes no plenário.  

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem