Governo pede novos estudos sobre horário de verão

 


Apesar de crescente pressão de setores econômicos, o Ministério de Minas e Energia (MME) avalia que a volta do horário de verão teria impacto limitado no consumo de eletricidade do país e não ajudaria a enfrentar a crise energética atual.

Ainda assim, afirma que pediu novos estudos ao ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) para avaliar a questão "à luz da atual conjuntura de escassez hídrica", em meio a pressões de setores econômicos pelo retorno do programa extinto em 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem