Iklan

iklan

Fusão PSL e DEM dará origem ao maior partido do país

24 de setembro de 2021 | 24.9.21 WIB Last Updated 2021-09-24T23:44:15Z

Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Por Mariano Maciel

Outras palavras

Isolado politicamente e em baixa nas pesquisas sobre a avaliação de seu governo e a corrida eleitoral de 2022, o presidente Jair Bolsonaro disse à revista Veja que não existe nenhuma chance de tentar um golpe no país.

* "Daqui pra lá, a chance de um golpe é zero. De lá pra cá, a gente vê que sempre existe essa possibilidade", disse o presidente na entrevista.

Será um prazer

Convocado para depor na CPI da Covid na próxima semana, o empresário Luciano Hang, dono das Lojas Havan, confirmou a presença na comissão e disse que recebeu a informação com tranqüilidade e que “será um prazer estar presente”.

Em baixa

Em meio à tensão política, ao choque entre Poderes e à longa crise sanitária, caiu a confiança do brasileiro em relação a diversas instituições do país, aponta o Datafolha.

* Pesquisa do instituto feita dos dias 13 a 15 deste mês mostra que, em relação ao levantamento anterior, realizado em julho de 2019, subiu a desconfiança da população acerca do Executivo, Legislativo e Judiciário, além de outros atores institucionais, como o Ministério Público.

Boa notícia

Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, garante que, em 15 dias, uma nova empresa irá assumir as obras de recuperação da BR 364, no trecho entre Sena Madureira e Feijó, para assim manter a rodovia em melhores condições de trafegabilidade.

Nova data

Senado decidiu aprovar uma proposta de emenda constitucional que altera a data de posse do presidente de 1 para 2 de janeiro e de governadores de 5 para 6 de janeiro.

* A mudança entrará em vigor em 2027, para que não se abra o precedente de prorrogar mandatos já em curso. Como a proposta já aprovada pela Câmara, ela irá à promulgação.

Fusão

Depois de meses de negociações, PSL e DEM estão prestes a dar os últimos passos rumo à fusão que dará origem ao maior partido do país.

* A relação está gerando incômodos no Palácio do Planalto.

Evangélicos x Alcolumbre

Em defesa da nomeação de André Mendonça a uma das cadeiras do STF, importantes líderes evangélicos do Amapá subiram ainda mais o tom contra o senador Davi Alcolumbre, presidente da CCJ,  que tem travado a sabatina do ex-ministro de Jair Bolsonaro.

* Os evangélicos redobraram a ofensiva na última semana.

Frase

“Vagabundo, picareta, ladrão, vigarista”... - com essa profusão de insultos mútuos, os senadores Renan Calheiros, relator da CPI da Covid, e Jorginho Mello, da tropa de choque bolsonarista, deixaram claro que a comissão não está no seu melhor momento e chega à reta final com ameaças de sopapos entre seus próprios integrantes.

Comente
Deixe o seu comentário
  • Fusão PSL e DEM dará origem ao maior partido do país

Tendências