Iklan

iklan

Volta das coligações em eleições proporcionais aprovada na Câmara deve encontrar resistência no Senado

18 de agosto de 2021 | 18.8.21 WIB Last Updated 2021-08-18T19:21:20Z

 


A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma política. A iniciativa, entre outras medidas, prevê o retorno das coligações proporcionais a partir das eleições de 2022.

Agora, a proposta vai ao Senado, onde já enfrenta resistências. A regra, que havia sido abolida na reforma de 2017, é vista por cientistas políticos como um retrocesso, porque dificulta a redução no número de partidos — o alto número de siglas com representação é um fator dificultador da governabilidade — e estimula a proliferação de legendas de aluguel.

 

Comente
Deixe o seu comentário
  • Volta das coligações em eleições proporcionais aprovada na Câmara deve encontrar resistência no Senado

Tendências