Iklan

iklan

“CPI age como palco para as eleições de 2022”, diz Marco Aurélio Mello

9 de julho de 2021 | 9.7.21 WIB Last Updated 2021-07-09T13:10:24Z

 


Prestes a se aposentar do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Marco Aurélio Mello afirmou esperar que o advogado-geral da União, André Mendonça, “honre a capa” caso seja realmente indicado como seu substituto na Corte.

Em entrevista ao Valor, o decano afirmou que Mendonça vai ter que saber distinguir o papel que ocupou como auxiliar do presidente Jair Bolsonaro, quando teve que adotar uma postura subserviente, da que terá se for nomeado como ministro. “Deposito as fichas nele.

Que ele não me decepcione.” De bom humor, o decano defendeu as posições - muitas vezes divergentes - que adotou nesses mais de 31 anos ocupando uma cadeira na Corte.

Comente
Deixe o seu comentário
  • “CPI age como palco para as eleições de 2022”, diz Marco Aurélio Mello

Tendências