PEC 16/2022, objetivo da emergência é eleger Bolsonaro quebrando regras fiscais e eleitorais


 Por Gontran Neto/Urtiga do Juruá

#PEC16NÃO

Senado Federal ao que tudo indica vai aceitar colocar o Brasil em liquidação através do senador Fernando Bezerra (MDB-PE), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 16/2022 cumprindo ordem do seu patrão, com efeito até o final do ano, ou seja, permitir que o governo federal utilize sem regras R$ 39 bilhões do orçamento, contudo é necessário que 49 dos 81 senadores votem a favor deste bota fora constitucional eleitoreiro, o que para este governo do orçamento secreto é fácil. Leia aqui

Como ultimamente os parlamentares acreanos que apoiam este governo destruidor do patrimônio público, do meio ambiente, da economia,  de negociar favores em troca de ouro no MEC, dos direitos dos trabalhadores, o novato senador do Acre, Eduardo Veloso (União Brasil/AC), que assumiu o espaço de Márcio Bittar (União Brasil/AC) já mostrou para que veio,  é um dos autores da PEC 16/2022, nada surpreendente,  e Mailza Gomes (PP/AC) mantém a linha de subserviência ao Palácio do Planalto, não importa se as regras serão alteradas com o jogo andando, pois o que vale é a reeleição do homem da casa de vidro e que “imunizar” o presidente com "arrastão inconstitucional" é a bola da vez, pois o campo, a bola, as camisas, o juiz, o apito, o estádio, a torcida (instituições) tem dono e endereço.

Se aproximando da eleição no Brasil, as maiores aberrações continuam acontecendo, não importa os meios que são utilizados vergonhosamente para ferir a Constituição Federal, haja vista que tudo que era proibido em ano de eleição no país, este governo está encontrando maneiras de burlar e tristemente o povo está adormecido. #PEC16Nao.

 Assistir o Brasil se transformar em uma casa de cupim em que a rainha é o próprio congresso nacional é perder a esperança por completo que este País um dia voltará a ser um Brasil para todos e sim, converteram a nação em um eterno gigante destruído, que simboliza a felicidade da nova política e dos homens de bem, que são aliados deste governo fariseu.

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem