STJ nega recurso de Gladson Cameli contra Operação Ptolomeu

 


A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou os recursos impetrados pelo governador Gladson Cameli contra a Operação Ptolomeu.


Também foram negados os recursos do pai dele, o empresário Eládio Cameli, e o irmão Gledson Camelí.


Gladson, Gledson e Eládio foram alvos da Operação Ptolomeu, deflagrada pela Polícia Federal, em dezembro do ano passado.  


A suspeita de irregularidades totaliza R$ 828 milhões. De acordo com dados do Coaf, em oito meses de mandato de Cameli, a conta do pai recebeu R$ 420 milhões.


A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 03.

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem