Agora é oficial: Mara Rocha vai deixar o PSDB

 


Começa nesta quinta-feira 3, e vai até 1º de abril o prazo para deputados federais e estaduais mudarem de partido sem correr o risco de perder o mandato. Mesmo antes da chamada janela partidária, 39 deputados já deixaram a legenda pela qual foram eleitos em 2018. Por enquanto, o número é bem menor em comparação com a legislatura passada, quando 117 deputados mudaram de sigla no mesmo intervalo de tempo.

Até o momento, o partido mais beneficiado com as trocas partidárias foi o PL, que ganhou 11 deputados e perdeu apenas 3. Em seguida, o Republicanos recebeu 4 deputados e perdeu 1.

O cenário eleitoral nacional e estadual está entre os principais motivos para a troca de partido. No caso no Acre, a deputada federal Mara Rocha aguarda desde o ano passado a janela partidária para anunciar a desfiliação do PSDB, pelo qual foi eleita em 2018, e a filiação a uma nova sigla que tenha a ver, segundo ela, com o seu projeto político.

“Nós sairemos sim, do PSDB. A sigla tem adotado uma linha mais à esquerda e entendemos que esse é o pior caminho para o Brasil. Desde o ano passado estamos organizando o Partido Liberal que hoje é o partido do presidente Bolsonaro, mas temos informações que o senador Márcio Bittar está tentando nos tomar a sigla para inviabilizar nossa candidatura a um cargo majoritário favorecendo, dessa forma, a esposa dele que aparece candidata ao Senado  e, também favorecendo o atual governo do Estado do Acre, que é apoiado por Bittar. Nós continuamos confiando na palavra do presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, e, caso essa palavra não seja cumprida nós temos o convite de vários partidos que querem abraçar nossa candidatura a um cargo majoritário e, diferente dos demais, mesmo não tendo sido lançada oficialmente, já aparece muito bem pontuada em várias pesquisas. Nos estamos tranquilos” – disse Mara Rocha.

Segundo informação, a fusão PSL com o DEM que formou o partido União Brasil, sob o comando do senador Márcio Bittar, no Acre, pode inviabilizar também a candidatura do deputado federal Alan Rick (DEM) ao Senado.

 


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem