Direto do Planalto

Mara Rocha comenta sobre a operação deflagrada contra a cúpula do Governo do Acre

 


A Polícia Federal deflagrou operação contra o Governador do Estado do Acre, Gladson Cameli e a alta cúpula do seu governo.

Os investigados aparelharam o Governo do Estado para promover diversos crimes contra a administração pública, fazendo movimentações em dólar, em joias e imóveis.

A operação foi conduzida com o apoio da Controladoria-Geral da União, autorizada pelo STJ, envolveu 150 policiais federais e 10 auditores da CGU, para investigar desvios de recursos públicos no SUS, na Educação, e envolve, inclusive, empresas do Amazonas.

Segundo a denúncia, o grupo do Governador promovia o desvio de recursos públicos, ocultação dos valores subtraídos em contratos que somam mais de R$ 142 milhões de reais e determinou também o bloqueio de R$ 7 milhões de reais das contas de envolvidos que pertencem ao círculo íntimo do governador.

O Estado do Acre sofreu 20 anos de atraso econômico promovido por governos Petistas e, ao mudar, se depara com um escândalo de desvios de recursos da Saúde e da Educação.

Enquanto poucos, próximos ao governador, enriquecem, nossos profissionais de saúde precisam trabalhar em situação precária, postos de saúde não tem infraestrutura, faltam equipamentos e medicamentos.

Enquanto empresas do Amazonas intermediavam propinas, nossos profissionais da educação sofrem em escolas sem telhado, sem materiais didáticos, com salários defasados.

O Vice-Governador Major Rocha, um homem que em sua vida pública sempre denunciou casos de desvios de recursos públicos, tentou alertar para sinais de corrupção e foi afastado do governo por vingança.

Que a investigação prossiga, os culpados sejam processados, punidos e que os recursos sejam recuperados.

ASSISTA O VÍDEO COM O PRONUNCIAMENTO COMPLETO.

 

 


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem