Abertas inscrições para curso de residência profissional agrícola

 


Estão abertas as inscrições para o curso “Residência Profissional Agrícola – Acelera Acre”. Estão sendo ofertadas 20 vagas (10 bolsistas e 10 voluntários) para estudantes concludentes e profissionais egressos de cursos técnicos e superiores da área de Ciências Agrárias e afins, de qualquer instituição de ensino público ou privado.

Conforme edital, as bolsas terão duração de 12 meses e são destinadas para profissionais de nível técnico e superior. Cada bolsista será responsável por assessorar unidades produtivas* dentro de unidades residentes**.


Leia aqui o edital


As inscrições, que são gratuitas, seguem até o dia 05 de dezembro e serão feitas exclusivamente on-line. Para participar, os interessados devem encaminhar documentação exigida em edital para o e-mail [email protected].

O projeto "Acelera Acre" foi lançado pelo Instituto Federal do Acre (Ifac) campus Sena Madureira com objetivo de estimular jovens estudantes e egressos, de cursos agrícolas do Estado do Acre, na inserção para o mercado de trabalho. Com isso, a proposta pretende oportunizar a criação de espaços e possibilidades para que discentes e profissionais pratiquem os saberes in loco, registrem suas primeiras experiências no currículo, ampliem as possibilidades de trabalho e primeiro emprego.

Devido a infraestrutura já estabelecida do Ifac, o projeto irá contemplar vagas para os municípios de Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Cruzeiro do Sul. Atualmente, as cidades são os principais pólos agropecuários do Estado e atingem quatro das cinco regionais acreanas de desenvolvimento.

Seleção

Podem participar da seleção para as vagas de bolsistas residentes, o candidato deverá ser estudante egresso (a) de cursos da área de ciência agrárias, dos últimos 24 meses ou estudante matriculado (a) que tenham concluído os créditos das disciplinas regulares do curso até a data final da inscrição do edital. Além disso, precisa ser brasileiro (a) ou possuir visto permanente no país, como também ter entre 16 e 29 anos completos até o dia de início das atividades de residência profissional.

Os bolsistas selecionados devem ter disponibilidade de 40 horas semanais para se dedicar às atividades do projeto, não ser bolsista de projetos de extensão ou pesquisa, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares (quando aplicável) e não possuir vínculo empregatício.

A seletiva acontecerá em duas etapas, sendo avaliação acadêmica e entrevista. A última fase terá como critério avaliativo: perfil técnico (conhecimento e habilidades construídas durante o curso técnico ou de graduação, objetivos e expectativas quanto ao curso de aperfeiçoamento e disposição para atuar nas unidades residentes disponíveis.

De acordo com cronograma, o resultado das inscrições deferidas será divulgado no dia 06 de dezembro. A lista com o agendamento das entrevistas será publicada em 09 de dezembro. Já nos dias 10 e 11 de dezembro, os candidatos serão entrevistados pela equipe técnica do projeto Acelera Acre. O resultado final está previsto para ser divulgado em 16 de dezembro.

*Unidades produtivas: propriedade ou espaço, rural ou urbano, onde se desenvolvam atividade agrícola, pecuária, pesca ou extrativismo. Um conjunto de unidades produtivas compõe a Unidade Residente;

 

**Unidades residentes: são associações e cooperativas de produtores (as) rurais, instituições públicas de assistência técnica e extensão rural, empresas de assistência técnica, nacionais ou internacionais, da administração direta e indireta e a sociedade civil organizada.

---

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem