Onyx Lorenzoni deixa o Ministério do Trabalho e Previdência, por 10 dias

 

(crédito: Antonio Barbosa da Silva/DEM)

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, foi exonerado do cargo nesta quinta-feira, 11. O desligamento foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial da União assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.

A demissão foi efetivada a pedido do próprio Lorenzoni, mas a exoneração não é definitiva. Ele que é deputado federal, deve retornar à Câmara para resolver questões relacionadas às emendas parlamentares.

Segundo a assessoria do gaúcho, Lorenzoni deve retornar ao cargo no governo em até dez dias.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem