“Só bandido tinha arma de fogo”, diz Bolsonaro em resposta a críticas de arcebispo de Aparecida

 


O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender o armamento da população. Segundo o chefe do Executivo, antes,”só bandido tinha arma de fogo” no país.

A declaração ocorreu durante discurso em Miracatu (SP), onde participou hoje da cerimônia de entrega de títulos de propriedade rural, e foi uma resposta a críticas do arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, em relação ao armamento da população e à disseminação de notícias falsas.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem