Leo de Brito diz não a privatização da Eletrobras

 

A votação está marcada para esta segunda-feira, 21, na Câmara dos Deputados.



 

O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) usou as redes sociais para antecipar seu voto contrário a privatização da Eletrobras.

 

A Medida Provisória 1031/21, sobre a privatização da Eletrobras, é o único item da pauta de sessão deliberativa remota da Câmara dos Deputados convocada para às 15h de hoje.

 

Aprovada na última sexta-feira no Senado, a MP perde a vigência às 24h de terça, e os deputados precisam analisar 28 emendas incluídas e aprovadas ao texto do relator, deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), aprovado pela Casa em maio.

 

O parlamentar declarou que é contrário à venda da empresa pública e explicou os prejuízos da privatização.

 

“Nosso povo já tá sofrendo muito com a pandemia, a fome, a carestia dos alimentos, do gás de cozinha, dos combustíveis e a energia elétrica. Temos o exemplo do que aconteceu aqui no Acre com a venda da Eletroacre, que eu também fui contra. Eu vou votar não a privatização da Eletrobras porque se privatizar a conta vai aumentar, infelizmente quem sempre paga a conta é o povo”, disse o deputado acreano.

Postagem Anterior Próxima Postagem