Indicadores mostram forte retomada da economia nos primeiros meses de 2021

 


O avanço do PIB (Produto Interno Bruto) acima do que era esperado no 1º trimestre elevou as expectativas de crescimento da economia brasileira em 2021. É que a economia não só veio mais forte do que o esperado nos 3 primeiros meses do ano, como continua dando sinais de reação.


Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o PIB do Brasil cresceu 1,2% no 1º trimestre de 2021, na comparação com os 3 meses imediatamente anteriores. O resultado superou as expectativas do mercado e, na avaliação do ministro da Economia, Paulo Guedes, aponta para um “crescimento bastante forte” neste ano.


Os principais indicadores econômicos sugerem que a retomada do crescimento continua. A arrecadação federal, que é um proxy da atividade econômica, por exemplo, seguiu batendo recordes em abril. O governo arrecadou R$ 608 bilhões no 1º quadrimestre, sendo R$ 156,8 bilhões apenas em abril.

 

Postagem Anterior Próxima Postagem