”Não podemos permitir o fechamento da UFAC”, diz Leo de Brito

 

A Universidade Federal do Acre teve corte de recursos da ordem de R$ 12 milhões

 


O deputado federal Leo de Brito (PT-AC) esteve nesta terça-feira, 18, na Universidade Federal do Acre. Em reunião com a reitora Guida Aquino reforçou seu compromisso de lutar em defesa da instituição de ensino, que está ameaçada de fechar as portas em razão dos sucessivos cortes no orçamento. As perdas este ano são de 52% em relação a 2020, uma redução brusca que vai inviabilizar a manutenção, investimentos e o retorno às aulas presenciais.

 

Os cortes no orçamento atingiram as 69 universidades federais do país, totalizando 18,16%, o equivalente a 1.000.943.150 (um bilhão, novecentos e quarenta e três mil, cento e cinquenta reais) em relação a 2020. A Universidade Federal do Acre atende 12 mil alunos em 50 cursos de graduação, 26 especializações e 20 pós-graduações (mestrado e doutorado).

 

“Esse é o quinto ano seguido de diminuição do orçamento das universidades para custeio e investimentos, esses sucessivos cortes e a perda da autonomia financeira da universidade vai impactar diretamente nos serviços de manutenção, como energia elétrica, limpeza, segurança e insumos para laboratórios, além de sérios prejuízos nas atividades acadêmicas e ações de assistência aos alunos, vai inviabilizar o retorno às atividades presencias”, explicou a reitora.

 

Leo de Brito que é professor do curso de Direito da UFAC, lamentou o desmonte das universidades e institutos federais e ressaltou a importância da instituição de ensino para a formação e desenvolvimento da sociedade acreana.

 

“Não podemos permitir o fechamento da UFAC, que tem dado grande contribuição para a formação acadêmica e o desenvolvimento do nosso estado, vamos lutar pela recomposição do orçamento e mobilizar a bancada acreana e a sociedade em defesa da UFAC, não vamos permitir retrocessos, a UFAC não pode fechar!”, disse. 

 

Audiência pública e mobilização da bancada

 

O parlamentar acreano apresentou Requerimento na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) para a realização de audiência pública que vai debater os cortes no orçamento das universidades, que deverá acontecer ainda no mês de maio. A reitora da UFAC, Guida Aquino estará presente na atividade para expor a situação e os prejuízos para a instituição no Acre.

 

“Vamos cobrar o governo federal a reposição do orçamento das universidades e clamar por bom senso, investir em educação é o único caminho, infelizmente o que vemos é o governo agir na contramão disso, assistimos o desmonte e o sucateamento das instituições públicas no Brasil”, disse o deputado.

 

Após reunião com a reitora, Leo de Brito acionou o coordenador da Bancada Federal do Acre, senador Sérgio Petecão, sobre o agravamento da situação orçamentária da UFAC e pediu a mobilização dos parlamentares acerca da questão. 

 

Emendas

 

Leo de Brito apresentou para a reitora da UFAC e pró-reitores, emendas alocadas em 2021 para investimentos na Universidade Federal do Acre. O valor é superior a um milhão de reais, que serão utilizados para a implantação de um laboratório de análise de solos, realização de curso de doutorado na área de Tecnologia da Informação e Comunicação e implantação do projeto Saúde-Escola que vai beneficiar alunos do campus da universidade em Cruzeiro do Sul . “Já estamos em tratativas para novos investimentos para o próximo ano, nossa luta é pelo fortalecimento da universidade pública, de qualidade e gratuita”, finalizou.Nota de esclarecimento

 

Postagem Anterior Próxima Postagem