Israel e Hamas anunciam cessar-fogo após 11 dias de confronto


 

Foto: MAHMUD HAMS / AFP

O Conselho de Segurança de Israel votou nesta quinta-feira (20) por um cessar-fogo no confronto contra o grupo terrorista Hamas, na Faixa de Gaza, segundo o jornal Jerusalem Post. O acordo teria sido costurado com uma delegação diplomática do Egito, país apontado pela ONU como mediador do conflito.

O fim das hostilidades, segundo a imprensa israelense, também depende de uma paralisação, por parte do Hamas, do disparo de foguetes contra o país. Caso eles continuem, o acordo será cancelado.

De acordo com o Haaretz, representantes israelenses e do Hamas confirmaram que o acordo entrará em vigor a partir das 2h de sexta (20h desta quinta, no horário de Brasília).

"O gabinete (de segurança) aceitou por unanimidade (...) a proposta egípcia de um cessar-fogo bilateral incondicional", disseram as autoridades israelenses em um comunicado.

Na Faixa de Gaza, o Hamas confirmou que a trégua entra em vigor às 2h locais. Além deles, a Jihad Islâmica, segundo maior grupo armado do enclave, também confirmou a trégua.

 

 

Postagem Anterior Próxima Postagem