“Dia histórico para todos nós acreanos”, destaca senadora Mailza na inauguração da Ponte sobre o Rio Madeira


Em Brasília, Mailza pediu ao ministério da Infraestrutura e DNIT liberação de recursos para a conclusão da obra que representa desenvolvimento econômico e integração do Acre com os estados brasileiros



 

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) participou nesta sexta-feira, 07, da cerimônia de inauguração da Ponte Abuña, em Porto Velho, ao lado do presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, dos governadores do Acre, Gladson Cameli, e de Rondônia, Marcos Rocha. A solenidade contou ainda com a participação de membros da bancada federal do Acre, Rondônia, ministros, empresários e sociedade civil. 

 

"Emocionada, a senadora Mailza destacou a importância da ponte para os acreanos. "A ponte do Abuña significa muito para nós acreanos. Significa desenvolvimento econômico, liberdade e esperança. Quem não se lembra do isolamento via terrestre que nosso Acre sofreu com a cheia histórica do rio Madeira, em 2014? Nos supermercados, enfrentamos racionamentos de diversos alimentos e preços altos. Tivemos até que importar alimentos e insumos do Peru. Enfim, foi uma época muito sofrida para nossa gente. Agora, estamos em outro patamar. A ponte é progresso, desenvolvimento e integração com os estados brasileiros.  Hoje é um dia histórico para todos nós acreanos, brasileiros”, disse a parlamentar.

 

Desde o começo do mandato, a senadora Mailza trabalha junto com a bancada federal, pela conclusão da ponte. "Em Brasília estive no ministério da Infraestrutura e também no DNIT para pedir continuidade e agilidade na conclusão das obras da ponte. Também fui na ponte para fiscalizar o andamento das obras. É gratificante ver que todo nosso empenho e trabalho para nosso Acre, para nossa gente, está gerando resultados positivos! Agradeço muito a nossa gente por acreditarem e confiarem em nosso compromisso com o Acre e as pessoas”, finalizou Mailza. 

 

Sobre a ponte

Localizada na BR-364, a ponte é uma das maiores já erguidas pela engenharia na Amazônia e vai facilitar o acesso entre Acre e Rondônia, que era feito por balsa.  São 1,5 km de extensão e mais de 14 metros de largura. A ponte possui duas pistas de rolagem, acostamento em ambos os lados e passarela para pedestres. A estimativa é que cerca de 2 mil veículos passem por ela todos os dias. 

 


Postagem Anterior Próxima Postagem