Brincando de Jornalista, a verdade dos fatos de forma nua e crua, vai encarar?

 



Cuidado ao falar “mentiras” sobre alguém, pois esse mesmo alguém vai começar a falar “verdades” sobre você, além do que, ofender alguém através de “indiretas”, divulgando “impropérios” em blogs, jornais, sites de notícias ou redes sociais é crime, e não LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

 

LIBERDADE DE EXPRESSÃO, consiste no direito de comunicar-se, ou seja, de exteriorizar pensamentos, opiniões, informações e sentimentos, no entanto não pode ser confundida com DIREITO Á OFENSA.

 

Portanto hoje, 07 de Abril, dia em que se comemora o “Dia do Jornalista”, se faz oportuno trazer à tona a Verdade dos Fatos, sobre impropérios proferidos contra este Jornalista que vos escreve, onde através de “indiretas direcionadas” feitas por um “Jornal de Bairro”, foram ditas várias “inverdades”, ou seja, MENTIRAS, ás quais serão rebatidas e desmentidas uma á uma, “de forma nua e crua na presente matéria”.




DIA DO REPÓRTER:


Realmente muitas pessoas não sabem que o Dia 16 de Fevereiro, comemora-se o DIA DO REPÓRTER, até porque ninguém é obrigado a saber, mas geralmente quem é da área do Jornalismo com certeza tem conhecimento, principalmente este Jornalista que atuava como “Repórter” nesse JORNAL DE BAIRRO desde o ano de 2013, onde inclusive no expediente do mesmo, constava de “forma explicita” seu nome, ou seja, REPÓRTER TÔ DE OLHO, RODINEI LAFAETE, conforme pode se constatar de forma clara, precisa e transparente, na foto acima exposta.  


Porém em seguida, se cometer a “insensatez” de dizer que nesta época do ano, está mais “preocupado” com a sua “fantasia” e com a “tristeza” de não ter desfilado, sinceramente é ser muito “sarcástico”, pois quem disso isso, “deveria saber” e se “lembrar” que há mais de um ano o mundo está enfrentando uma “pandemia”, onde até o momento no BRASIL, (DIA 06-04-2021), existem (13.100.580) pessoas infectadas pelo vírus e (336.947) perderam suas vidas, deixando milhares de famílias desoladas e privadas da presença de seus entes queridos, ceifadas pela COVID-19.


Apresento aqui, minhas sinceras condolências á todos familiares e amigos, que perderam um ente querido para a COVID-19, pois pelo que o mundo está enfrentando em razão desta PANDEMIA, com tantas vidas perdidas, a raça humana tem que estar imbuída de empatia e de amor ao próximo, jamais se esquecendo que, não existe no mundo, bem maior que a vida e a saúde, onde atravessamos o pior momento da PANDEMIA NO BRASIL, chegando-se a bater recorde de (3.251) mortos em 24 horas no dia (23-03-2021), ou seja, pessoas estão morrendo sem ao menos conseguir vaga na UTI, sendo que nesse caso o Estado de São Paulo, sozinho foi o responsável por (1.021) desses óbitos, somando-se até o momento “68.623” mortes.




BRINCANDO DE JORNALISTA:


Já dizia SIGMUND FREUD que: “brincando pode-se dizer tudo, até mesmo a verdade”, mas A BEM DA VERDADE serei obrigado a relembrar ao Jornal de Bairro algumas “Matérias de Capa”, onde por inúmeras vezes atuando como o REPÓRTER TÔ DE OLHO, RODINEI LAFAETE, fui o “autor” de várias reportagens, ás quais que em razão da extensa quantidade, não será possível demonstrar todas, mas algumas serão explicitadas abaixo para que a MENTIRA possa ser DESMASCARADA e a VERDADE prevalecer, e também que se for seguido o entendimento desse Jornal, ao fazer essas matérias, também devo ter “Brincado de Jornalista”, assim sendo, analisem e tirem suas conclusões:


EDIÇÃO 276, JUNHO DE 2019: Obra de biblioteca em Itaquera está embarcada desde 2013


EDIÇÃO 274, ABRIL DE 2019: Buracos persistem na Zona Leste


EDIÇÃO 273, MARÇO DE 2019: Subprefeitura funciona sem habite-se, alvará de funcionamento e acessibilidade


EDIÇÃO 268, OUTUBRO DE 2018: Agências bancárias de Itaquera não cumprem adequação das placas de vagas especiais


EDIÇÃO 267, SETEMBRO DE 2018: Corregedoria da Prefeitura aponta conluio no caso do Centro Gastronômico de Itaquera


EDIÇÃO 255, SETEMBRO DE 2017: Essa vaga não é sua nem por um minuto


EDIÇÃO 253, JULHO DE 2017: Andecon desmente versão de Presidente da CDLI


EDIÇÃO 248, MAIO DE 2017: Prefeito regional é denunciado no Ministério Público


EDIÇÃO 244, OUTUBRO DE 2016: ANDECON denuncia Sub-Prefeito de Itaquera no Ministério Público




Inclusive, em uma dás várias “matérias” que fiz para este JORNAL DE BAIRRO, por coincidência, eu estava ao lado dos “Diretores do Jornal”, portanto MENTIU DESCARADAMENTE ao ter dito que: “O que não faltou foi gente que nunca vi trabalhar na área parabenizando a si próprio, que jamais escreveu 10 ou 12 textos em um único dia e que jamais entrou em uma Redação de Jornal”, tanto que o mesmo em sua EDIÇÃO Nº 244 teceu vários “elogios” à minha pessoa como JORNALISTA e como PRESIDENTE DA ANDECON- Associação Nacional de Defesa do Consumidor, ou seja, palavras contrárias às ditas acima, evidenciando assim uma total contradição, senão vejamos:


EDIÇÃO 244, OUTUBRO DE 2016: No dia 13 de Setembro último (13-09-2016), o Presidente da ANDECON, RODINEI LAFAETE esteve na Sede da Sub-Prefeitura de Itaquera no gabinete do Subprefeito MAURICIO LUIS MARTINS a fim de protocolar uma solicitação de fiscalização a uma série de estabelecimentos comerciais que não atendem os requisitos mínimos de acessibilidade a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Segundo informou RODINEI LAFAETE, o subprefeito de Itaquera, Mauricio Luis Martins afirmou: “primeiro não conheço o senhor, segundo nunca ouvi falar de sua entidade e terceiro quem me garante que o senhor não está querendo ganhar dinheiro em cima de alguém?”


Talvez por mera “birra de apadrinhado político” ou mesmo desinformação o subprefeito de Itaquera não conhecer a entidade a qual RODINEI LAFAETE representa. Mais uma vez mostrou incompetência, pois a ANDECON é uma entidade que surgiu em “Itaquera”, mas rapidamente ganhou projeção na Defesa dos Direitos dos Consumidores, na defesa das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida e no direito de todo e qualquer cidadão a saúde pública de qualidade. Nessa empreitada pelo bem, o seu Presidente, RODINEI LAFAETE enfrentou sol e chuva ao se algemar em frente de grandes a grandes operadoras de plano de saúde, enfrentou ameaças e por diversas vezes deixou de lado a vida particular para simplesmente lutar pelo próximo.

 

Historicamente o Presidente da ANDECON lutou por condições mínimas de acessibilidade, lutou por tratamento digno a crianças com câncer, foi chamado a intervir junto ao Governo do Acre, também em questão de saúde pública. É fato, a ANDECON e seu Presidente são reconhecidos em nível nacional e em todos os segmentos societários. Basta uma simples busca no GOOGLE para que sejam contabilizadas dezenas de ações da Entidade, muitas delas noticiadas não somente por este Jornal, mas pela chamada grande imprensa e por canais de televisão, entre eles a REDETV.

 


É muito triste, alguém em “Plena Pandemia” que o mundo está enfrentando, onde milhões de vidas já foram ceifadas pela COVID-19, incluindo o Brasil também, onde infelizmente milhares de vidas já foram perdidas, um JORNAL DE BAIRRO, possa se “dispor” á ficar atacando “pessoas”, ofendendo e proferindo impropérios, de forma totalmente sarcástica e sensacionalista, que mesmo fazendo o uso da “prerrogativa” de JORNALISTA, “deveria saber”, que nessa condição, é obrigado a se atentar ao CÓDIGO DE ÉTICA DOS JORNALISTAS BRASILEIROS, que em seu artigo 11, inciso I e II, proíbe tal atitude, sem falar também no, artigo 144, do Código Penal, que assegura ao ofendido o direito de exigir explicações em Juízo.

 

Assim sendo, mais uma vez, não é demais ressaltar ao JORNAL DE BAIRRO que a Liberdade de Expressão, consiste no direito de comunicar-se, ou seja, de exteriorizar pensamentos, opiniões, informações e sentimentos, no entanto não pode ser confundida com DIREITO Á OFENSA, cumprindo salientar que no Brasil, ninguém pode, no tocante à LEI, alegar desconhecimento, ou seja: Ninguém está desobrigado de cumprir a LEI, alegando que não há conhece, assim não há como alguém em “Juízo” dizer que: “Sinceramente eu não sabia e se soubesse jamais lembraria, pois nessa época do ano estou mais preocupado com minha fantasia, ou com a tristeza de não ter desfilado”.


Portanto, “CUIDADO COM A MENTIRA”, pois erros podem ser perdoados, atitudes podem ser repensadas, mas a MENTIRA proferida contra alguém através de impropérios dificilmente é esquecida, assim sendo, finalizo a presente matéria, com o seguinte versículo bíblico: João 8:32 – “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, ou seja: NÃO CONHECEREIS A VERDADE, E A MENTIRA VOS APRISIONARÁ!!!





Postagem Anterior Próxima Postagem