Presidente Bolsonaro discute a substituição do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello; a mais cotada para o cargo é a médica cardiologista Ludhimila Hajjar


 

A troca teria sido um dos temas do encontro do presidente com ministros da ala militar na noite deste sábado. Estiveram no encontro Braga Neto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Fernando Azevedo (Defesa) e o próprio Pazuello.


Há uma avaliação de que a mudança da estratégia do governo em relação à pandemia — o foco agora na vacinação — seria coroado com uma troca no ministério. Segundo interlocutores do presidente, isso deve ocorrer nos próximos dias.


A idéia é que o substituto não seja um político, mas sim um profissional ligado à saúde. A mais cotada para substituir Pazuello é a médica cardiologista Ludhimila Abrahão Hajjar, que está reunida neste momento com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada.

 


Postagem Anterior Próxima Postagem