Mara Rocha destina emenda de R$ 1.449 milhão para a construção do CAPS'I que vai cuidar da saúde mental de crianças e adolescentes

 


No ano de 2020, profissionais da Secretaria Municipal de Saúde que trabalham na área da saúde mental em Rio Branco, procuraram a deputada federal Mara Rocha (PSDB/AC) para falar da necessidade de implantar o Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil, o CAPS'i. 

As enfermeiras Analdemira Moreira e Vanessa Rodrigues, a psicóloga Débora Cristina  Santos e a Assistente Social Maria Vanderleia Ferreira, que fazem parte da Divisão de Atenção  Psicossocial do Município,  relataram a preocupação com o grande número de crianças e adolescentes com transtornos mentais, que vão desde a automutilação até tendências suicidas; as profissionais falaram ainda sobre a carência de um local especifico para tratar o paciente infanto juvenil. 

"Assistimos, diariamente, a chegada de crianças e adolescentes com a saúde mental fragilizada e que precisam de ajuda. Infelizmente ficamos limitados em atender a grande demanda, em função da ausência de um espaço adequado para o tratamento. Não temos no Acre nenhum centro especializado para atender esse público. Por isso, procuramos a deputada Mara Rocha que tem abraçado muitas causas importantes na área da saúde. Para a nossa felicidade, a deputada entendeu a importância da implantação do CAPS'i e prontamente abraçou a nossa causa, juntamente com o secretário Municipal de Saúde Frank Lima", disse a psicóloga Débora Cristina  Santos .

A parlamentar tucana cumpriu seu compromisso e destinou emenda parlamentar, no valor de  R$ 1.449 milhão, para que a obra seja executada.

O CAPSi – Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil, é uma unidade especializada em saúde mental voltada para o tratamento e para a reinserção social de crianças e adolescentes com transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida.



Mara Rocha fez questão de ressaltar o apoio do secretário Municipal de Saúde, Frank Lima, que foi sensível às ponderações das profissionais e abraçou o projeto, importante para a saúde mental de crianças e adolescentes.

"Fiquei muito preocupada com os relatos das profissionais da saúde, sobre o drama das famílias e das crianças com saúde mental fragilizada. Precisamos cuidar das nossas crianças e o CAPS'i oferecerá o espaço adequado e acolhedor para esse público. Quero agradecer o Secretário Municipal de Saúde Frank Lima, por abraçar conosco a implantação do Centro de Atenção Psicossocial Infanto Juvenil. Teremos um grande ganho no tratamento pois, após a construção, o centro será custeado  pelo Ministério da Saúde e oferecerá o serviço de equipe multiprofissional com enfermeiro, técnicos de enfermagem, psicólogos, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo e médico clínico geral, oferecendo atenção integral a essas  crianças e adolescentes, e seus familiares", disse Mara Rocha

 

Postagem Anterior Próxima Postagem