Kassio Nunes vota contra suspeição de Moro no caso do ex-presidente Lula

 

Foto:  Fellipe Sampaio/SCO/STF

O ministro Kassio Nunes, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou contra um habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pedia a suspensão do processo do triplex do Guarujá, na tarde desta terça-feira (23/3). Os advogados do petista acusam o ex-juiz Sergio Moro de atuar parcialmente no caso, com interesses pessoais e políticos para condenar o cliente.

Com o voto do ministro Kassio Nunes, ocorreu formação de maioria para manter os processos, e validar a atuação de Moro no caso. No entanto, os ministros podem mudar de voto durante o julgamento, que deve ser encerrado nesta terça-feira. Em mensagens trocadas entre Moro e procuradores da força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba, os integrantes do Ministério Público e o magistrado tratam do caso do ex-presidente. Por Correio Braziliense

Postagem Anterior Próxima Postagem