Em evento fechado, Bolsonaro dá posse a Queiroga como ministro da Saúde



Em meio às críticas por conta do vácuo de liderança no Ministério da Saúde e da falta de planos eficazes no enfrentamento à covid-19, o presidente Jair Bolsonaro deu posse ao cardiologista Marcelo Queiroga como novo ministro da Saúde. O evento de repasse do cargo ocorreu em evento fechado nesta terça-feira (23) e não constava na agenda oficial do chefe do Executivo. A nomeação deverá sair em edição extra do Diário Oficial da União (DOU)


Inicialmente, a expectativa era de que Queiroga tomasse posse na quinta-feira (25), mas o prazo foi adiantado para que ele possa participar junto com o mandatário da reunião que ocorrerá nesta quarta (24).


Queiroga é o quarto ministro a assumir o comando da pasta em meio à pandemia. Antes dele, passaram pelo ministério da Saúde Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e o general Eduardo Pazuello, que deve assumir o Programa de Parcerias e Investimentos (PPI).  

Postagem Anterior Próxima Postagem