Butantan anuncia 1ª vacina 100% brasileira contra a covid, a ButanVac

 


O Instituto Butantan desenvolveu uma vacina contra a covid-19, a ButanVac. Essa é a 1ª vacina brasileira contra a doença causada pelo coronavírus. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, anunciaram a produção nesta sexta-feira, 26.

A ButanVac foi produzida inteiramente por cientistas do instituto. As etapas em laboratório já foram concluídas e agora será pedida à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a autorização para testes em humanos. O pedido deve ser feito ainda nesta sexta- feira 26, para o início dos testes das fases 1 e 2.

A vacina também será protocolada ainda na tarde desta 6ª feira na OMS (Organização Mundial da Saúde). Assim, a organização poderá acompanhar a produção, de acordo com as normas internacionais.

Não foram especificados o que seriam os “resultados excelentes” mencionados por Doria e Covas na entrevista concedida nesta 6ª feira. O instituto afirmou que realizou os primeiros testes em animais com a ajuda de laboratórios indianos. Mas, por ainda não ter sido testada em humanos, o número de doses necessárias para a imunização é desconhecido.

A ButanVac começou a ser pesquisada em março de 2020. O Ministério da Saúde não patrocinou os estudos, que foram realizados com recursos do próprio Butantan e do governo do Estado de São Paulo. Mas o Estado não vai comprar lotes de forma individual. A vacina será oferecida ao governo federal antes de serem celebrados contratos individuais de compra e de exportação para outros países.

A expectativa é encerrar todos os testes e ter 40 milhões de doses da ButanVac até o final de 2021. Covas afirmou que o estudo pode ser encurtado com base nas experiências do Butantan com a CoronaVac, vacina desenvolvida em parceria com a chinesa Sinovac e que já está em uso no Brasil. (Fonte: Poder 360)

 

Postagem Anterior Próxima Postagem