“O Acre precisa urgente da ajuda do Ministério da Saúde; essa reunião com o ministro Pazuello é vital” – diz Jéssica Sales.

 


A deputada Jéssica Sales (MDB) participará, nesta semana, da audiência da bancada acreana e o governador Gladson Cameli com o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. O encontro tem por objetivo dialogar acerca do cenário preocupante que o estado enfrenta diante da   pandemia do novo coronavírus, assim como o cenário de crise na saúde pública.


A parlamentar acreana, que tem parte do seu mandato voltado à saúde pública reforçará o pedido de  apoio do Ministério da Saúde diante da situação caótica que o Acre enfrenta.


“O cenário atual na saúde pública do nosso estado é crítico: corredores lotados de pacientes, UTIs com capacidade máxima atingida e infelizmente centenas de óbitos foram registrados nos últimos dias. Embora o ano de 2021 tenha começado com a esperança de cura, trazida pela descoberta da vacina, a distribuição dos imunizantes para a capital e demais municípios acreanos ainda é pequena frente a grande demanda. E precisamos correr contra o tempo, porque todos os dias perdemos pessoas para essa doença.  Estamos dando total apoio ao Governo do estado e fazendo tudo que é possível junto ao Governo Federal, visando a liberação de mais recursos de suporte a saúde pública”, enfatizou Jéssica Sales.


Da capital ao interior, a situação é complexa. Com 100% de ocupação de leitos em todas as unidades de saúde do Acre, o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 divulgou os dados de classificação de risco e colocou o estado na fase de emergência, representado pela cor vermelha, suspendendo todas as atividades não essenciais. A determinação é válida até o dia 19 de fevereiro.


“O estado já registra mais de 50 mil infectados e quase 900 mortes, seguindo em contaminação comunitária, com uma taxa de incidência de 5.650,9 casos para cada 100 mil habitantes e mortalidade de 99,3 para o mesmo grupo” – disse a deputada.


De acordo com a deputada Jéssica Sales, apesar das providencias do governo estadual com o envio  de mais cinco novos leitos de UTI ao Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul (AC),  a situação é preocupante sem contar com a escassez de profissionais da saúde. De acordo com o Sindmed, não há mais médicos suficientes e que os que têm, já trabalham no limite da exaustão.


“No ano passado, 2020, encaminhei ao Governo do Estado o montante de R$ 24 milhões para o combate à Covid-19 e, se necessário for, estarei à disposição para o encaminhamento de todas as emendas de minha autoria para as ações de combate à pandemia” – assegurou Jéssica Sales.

 


Postagem Anterior Próxima Postagem