Morre Carlos Menem, ex-presidente da Argentina

 


Foto: JUAN MABROMATA / AFP)

O ex-presidente argentino Carlos Menem morreu neste domingo (14) em uma clínica de Buenos Aires aos 90 anos, informaram a agência oficial de notícias Telam e outros veículos da imprensa.

Com profundo pesar soube da morte de Carlos Saúl Menem. Sempre eleito na democracia, foi governador de La Rioja, presidente da Nação e Senador Nacional. Na ditadura foi perseguido e preso. Todo o meu carinho para (sua primeira esposa) Zulema, (sua filha) Zulemita e todos os que hoje choram por ele", escreveu no Twitter o presidente Alberto Fernández, de linha peronista assim como o ex-presidente.

O governo decretou três dias de luto pelo falecimento do ex-presidente, que será velado no Congresso. Menem, que era senador desde 2005 do peronismo, foi hospitalizado várias vezes nos últimos meses.

Em 29 de dezembro, ele não conseguiu participar da votação no Senado sobre a lei do aborto na Argentina porque estava internado.

Postagem Anterior Próxima Postagem