Mara Rocha apresenta indicação ao Ministério da Saúde sugerindo a adoção do Micofenolato de Mofetila no tratamento de pacientes com lúpus


A Deputada Federal Mara Rocha (PSDB/AC) apresentou, nessa sexta-feira, Indicação dirigida ao Ministério da Saúde, sugerindo a adoção do Micofenolato de Mofetila para o tratamento de pacientes com LúpusEritromatoso Sistêmico - LES.


A parlamentar tucana argumentou que a Portaria 100/2015, com protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para tratamento do Lúpus Eritromatoso Sistêmico – LES,  temuma grave lacuna, uma vez que nele não consta o MICOFENOLATO DE MOFETILA, um medicamento extremamente importante para o tratamento do LES, pois impede que o paciente tenha que se submeter a sessões de hemodiálise.


A iniciativa da parlamentar foi motivada por solicitação de pacientes com LES: “Recebi esse pedido de pacientes com LES e eles apresentaram diversos documentos comprovando a eficácia do medicamento. Então, resolvi apresentar a Indicação como forma de convencer o Ministro da necessidade de adoção do medicamento”

“Estudos que já se encontram no Ministério da Saúde, com quase 3 mil participantes, demonstram que a utilização do Micofenolato em pacientes com LES se mostrou uma opção de tratamento mais segura do que os medicamentos atualmente disponibilizados no SUS”, afirmou a parlamentar.

“Lembro que a Comissão Nacional de Incorporação de Novas Técnicas no SUS – CONITEC, em março de 2018, publicou Relatório de Recomendação com Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas Lúpus Eritromatoso Sistêmico recomendando o uso do medicamento MICOFENOLATO DE MOFETILA nos pacientes com LES”, finalizou Mara Rocha.


  

Postagem Anterior Próxima Postagem