Câmara, Senado e Economia debaterão auxílio emergencial depois do carnaval

 


Os presidentes da Câmara e do Senado, Arthur Lira e Rodrigo Pacheco  anunciaram uma agenda mínima para o Congresso depois do Carnaval. Ao lado do ministro Paulo Guedes, da Economia, eles informaram que um novo auxílio emergencial, provavelmente de 250 reais, deve começar em março e para isso avançarão na pauta fiscal com a PEC do Pacto Federativo, com uma cláusula de calamidade.

A proposta foi unida em 2020 com a PEC Emergencial, que cria gatilhos de controle de gastos quando certos limites são rompidos. O item permitirá recriar as condições fiscais do Orçamento de guerra.

O novo relatório da PEC que deve ser analisada pelos senadores será apresentado na reunião de líderes do Senado nesta 5ª feira. Outro tema que deve ganhar espaço nas discussões do Congresso Nacional é a distribuição de vacinas, para combater a pandemia.

 

 

Postagem Anterior Próxima Postagem