Bolsonaro negocia com dois partidos para disputar reeleição

 


O presidente Jair Bolsonaro se aproxima de dois partidos para disputar a reeleição presidencial em 2022. Ele não está vinculado a nenhuma legenda desde novembro de 2019, quando rompeu com o PSL (Partido Social Liberal), pelo qual se elegeu em 2018.

Segundo informações do jornal O Globo, o presidente está negociando com o Patriota e o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), com muito mais chances para a primeira sigla, pela qual Bolsonaro desistiu de se filiar em janeiro de 2018 para concorrer ao Planalto.

Após deixar o PSL, Bolsonaro tentou criar o Aliança Pelo Brasil, porém encontrou dificuldades para obter o registro junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Para poder disputar eleições, o Aliança precisaria ter coletado a assinatura de 491,9 mil eleitores - que devem ter firmas reconhecidas em cartório -, de no mínimo nove estados.

Bolsonaro chegou a se reaproximar do PSL em julho de 2020, porém a suposta reconciliação incomodou o senador Major Olímpio (PSL-SP), que ameaçou abandonar a sigla caso esta perdoasse o presidente.

 

Postagem Anterior Próxima Postagem