Vacinação tem largada lenta nos estados


 

Nos primeiros quatro dias de vacinação, o Brasil ainda não atingiu uma parcela significativa da população, em comparação ao mesmo período em outros países que já iniciaram a imunização. A VEJA realizou um levantamento e comparou a situação das 51 nações que já começaram a aplicação de um fármaco nos primeiros quatro dias.

O Brasil ministrou doses da CoronaVac a 31.544 pessoas, o que equivale a apenas 0,01 vacinado a cada 100.000 habitantes. Isto colocou o país na 48ª colocação da lista, à frente apenas de Bélgica, México e Costa Rica. 

 

Como mostra o Paraná Pesquisas, a maioria dos brasileiros vê o presidente Jair Bolsonaro como o principal responsável pelo atraso na vacinação.

Falta de matéria-prima

Integrantes do MPF em vários estados enviaram  um ofício ao procurador-geral da República, Augusto Aras, para que o Ministério da Saúde e o Ministério das Relações Exteriores informem sobre as medidas que estão sendo tomadas para garantir o recebimento da matéria-prima necessária para produzir a vacina contra a Covid-19.

 

Os procuradores pedem que seja analisada eventual medida para agilizar a entrega do insumo a ser importado da China para o Brasil. No mesmo dia, a embaixada chinesa revelou que seu representante no Brasil, Yang Wanming, se reuniu por videoconferência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratar do tema.

 

Postagem Anterior Próxima Postagem